quinta-feira, 28 de outubro de 2010

CARTA ABERTA À SOCIEDADE DO RIO GRANDE DO SUL



A Associação dos Funcionários da Fundação Orquestra Sinfônica de Porto Alegre (AFFOSPA), entidade legal representante dos músicos e funcionários da Fundação OSPA, vem a público posicionar-se sobre assuntos pertinentes à Fundação OSPA.  

1)     A AFFOSPA não foi consultada sobre a contratação do Maestro Isaac Karabtchevsky para os cargos de diretor artístico e de regente titular da OSPA. A iniciativa de contratação do maestro foi tomada única e exclusivamente pelo Presidente da Fundação OSPA, Dr. Ivo Nesralla. A AFFOSPA também não foi informada em nenhum momento sobre o pedido de demissão - solicitado pelo próprio maestro - e divulgada pela imprensa.

2)     A AFFOSPA sempre defendeu e continuará defendendo a manutenção de um elevado nível artístico para a OSPA, independente de partidos políticos, governantes, dirigentes de Fundações e maestros que ocupem momentaneamente cargos na Fundação ou no Governo do RS. A AFFOSPA também defende vigorosamente a continuidade da vinculação da Fundação OSPA ao Governo do Estado do RS – em uma gestão pública, participativa, transparente, qualificada e democrática - como a melhor alternativa para a continuidade e futuro da orquestra, rechaçando veementemente qualquer tentativa de privatização, sucateamento e terceirização por interesses escusos e demagógicos.

3)     A AFFOSPA entende que a problemática na Fundação OSPA tem origem estrutural e política. Após sessenta anos de atividades ininterruptas, ainda não possuímos uma sede própria para desenvolver e potencializar nossas atividades educativas e culturais. A construção do TEATRO DA OSPA, acompanhada de outras ações tais como a aprovação de quadro funcional de cargos e salários na Fundação OSPA, a reativação da Escola de Música - que atendia 300 estudantes de música e contava com uma orquestra sinfônica jovem de 60 integrantes abrangendo todos os instrumentos de uma orquestra sinfônica - de projetos artísticos e educativos qualificados e com a participação dos técnicos (músicos) trabalhando conjuntamente com a direção da Fundação e do Governo do Estado do RS para solucionar os atuais problemas.


Contamos com o apoio do futuro governo para que questões tão relevantes para a vida da Fundação OSPA tenham solução e que juntos possamos construir uma relação produtiva, qualificada e competente para a população do RS.


Nenhum comentário:

Postar um comentário